Search
segunda-feira 21 agosto 2017
  • :
  • :

Memorial da Devoção de Aparecida inaugura exposição em homenagem ao eterno Didi Mocó

O humorista Renato Aragão, eternizado pelo personagem Didi, da série ‘Os Trapalhões’, é a mais nova personalidade representada no Museu de Cera, do Memorial da Devoção Nossa Senhora Aparecida, localizado no Santuário Nacional de Aparecida. A estátua faz parte de uma exposição em homenagem ao artista, que foi inaugurada no domingo, dia 12, com a presença de Renato e sua família.
Antes de conhecer sua réplica de cera, Renato, a esposa Lilian e a filha Lívian, participaram de uma missa no Santuário Nacional e também assistiram a Cerimônia de Coroação de Nossa Senhora. Logo em seguida, seguiram para o Memorial da Devoção, onde então conheceram a estátua de cera que retrata o humorista e a exposição.
A réplica mostra o ator com um dos figurinos usados em uma das edições do programa Criança Esperança. Ao lado uma mochila transparente, com uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, semelhante à usada por Aragão durante sua peregrinação à Aparecida, em 1999.
Diante da estátua de cera, Renato contou emocionado aos jornalistas presentes sobre a experiência de ter ido a pé até Aparecida. “A hora que percebi que a mochila era igual a que usei, veio tudo na minha mente outra vez, toda aquela emoção que vivi naquela época.”
Ambientada em um cenário que lembra um circo, em alusão ao filme ‘Os Saltimbancos Trapalhões’, a mostra ‘Didi, o Devoto Trapalhão’ traz itens do acervo pessoal do humorista, como fotografias, revistas, histórias em quadrinhos, discos, filmes, brinquedos, quadros e troféus, que relembram os inúmeros trabalhos na TV e Cinema, além de importantes momentos da vida de um dos mais queridos artistas brasileiros.
Entre os objetos do ator, um Troféu Imprensa de 1981; a Tocha Olímpica, que carregou no dia 13 de junho de 2004, quando participou como Embaixador da Unicef no revezando da primeira vez que a Tocha Olímpica passou pelo Brasil; uma carta que menciona o feito do seriado ‘Os Trapalhões’, no livro Guinness de recordes mundiais, como o humorístico que mais tempo ficou no ar; e uma homenagem que recebeu da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em 2012, uma escultura em forma de asas de anjos, por difundir valores cristãos através de suas ações.
No último domingo (12), a TV Aparecida estreou o “Festival Didiversão”, que contará com a exibição de 12 filmes da Renato Aragão Produções Artísticas, cedidos gratuitamente pelo humorista. Entre as obras, estão clássicos como os ‘Os Saltimbancos Trapalhões’, ‘Os Trapalhões na Serra Pelada’ e ‘Os Trapalhões e Árvore da Juventude’. As sessões serão exibidas aos domingos, às 12h30, com reprise às quartas-feiras, às 20h.