Search
sábado 19 agosto 2017
  • :
  • :

145 mil alunos do Vale já podem se inscrever na Olimpíada Brasileira de Matemática

A secretaria da Educação do estado de São Paulo realiza campanha de redução de impressão. Na E.E. Nestor de Camargo, provas são realizadas pelo Google Docs e toda a comunicação dos professores é realizada por documentos compartilhados.
Data: 12/08/2015.
Local: São Paulo/SP.
Foto: Daniel Guimarães/A2IMG

Estão abertas as inscrições da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP. Todos os mais de 145,4 mil alunos matriculados nos Anos Finais (6º ao 9º ano) e Ensino Médio (1ª à 3ª série) do Vale do Paraíba podem participar. Em 2016, a rede estadual paulista conquistou mais de 690 medalhas. Realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada, a cada ano a competição revela novos talentos. Neste ano, pela primeira vez, será aberta também a estudantes de escolares particulares. O cadastro vai até 31 de março.
Até a conquista da medalha, os candidatos são avaliados em duas etapas. A primeira acontece na própria escola e conta com 20 questões de múltipla-escolha. Os melhores alunos classificados participam da segunda etapa, com seis questões dissertativas. São três níveis de dificuldade (6º e 7º anos Fundamental; 8º e 9º anos Fundamental; e Ensino Médio).
Mais do que testar o conhecimento matemático dos alunos, a Olimpíada busca despertar o interesse pelo estudo dos números por meio da lógica, raciocínio e criatividade com perguntas divertidas, explorando o lado prático e sua abordagem no dia-a-dia. Além das medalhas e troféus, as escolas premiadas também receberão kits esportivos e de material didático.

Preparação

Preocupados com bons resultados, os alunos podem se reunir em clubes de matemática para estudar juntos e aprender mais. A própria Olimpíada incentiva a organização de gincanas, fóruns de discussão e outras competições nacionais. Além das atividades em sala de aula, alunos e professores também podem conferir uma série de aplicativos e videoaulas para auxiliar nos estudos no portal da OBMEP. O acervo disponível conta com um Banco de Questões de provas anteriores, com soluções e vídeo explicativos.