Search
quarta-feira 13 dezembro 2017
  • :
  • :

Unitau terá que dar explicações quanto à execução do Programa de Anistia de Juros e Multas

Após reclamações de alunos e ex-alunos, Vereador Guará Filho (PR) cobra que Universidade de Taubaté cumpra os acordos conforme a Legislação.
Nos primeiros dias do mês de novembro a Universidade de Taubaté iniciou o atendimento dos alunos e ex-alunos interessados em participar do Programa de Recuperação de Crédito, que tem como objetivo principal de anistiar Juros e Multas de munícipes que tem débitos com a Unitau até dezembro de 2016. Além de beneficiar os alunos, o Programa busca aumentar a receita da Universidade neste período de crise econômica do país.
No entanto, segundo o Parlamentar taubateano Guará Filho (PR), a Universidade de Taubaté não vem cumprindo os acordos com os alunos e ex-alunos que procuram a Unitau com o intuito de quitar suas dividas. Os casos descritos pelo vereador tratam de pessoas que foram até a instituição para realizar os novos acordos e participar do Programa, porém as condições de pagamentos e as porcentagens de descontos não estão sendo cumpridas de acordo com as previstas na Lei que foi aprovada na Câmara Municipal.
“Na negociação dos débitos junto à Instituição, alguns percentuais cobrados não estão sendo explicados de forma clara e objetiva para os interessados, tais como, honorários advocatícios, custas do processo e a correção monetária referente à própria dívida. Essa situação dificulta a adesão de muitas pessoas ao Programa de Recuperação de Crédito, tornando, infelizmente, ineficiente. Por isso, precisamos interceder urgentemente.”
Devido às reclamações constantes de munícipes no gabinete e também no programa “Bom dia Vale” da 99,9 FM, Guará Filho (PR) encaminhou um requerimento para a Prefeitura cobrando explicações da Universidade de Taubaté sobre o modo de execução do Programa de Anistia de Juras e Multas da Universidade de Taubaté, onde o mesmo entende que não está sendo justo e benéfico para ambas as partes (Devedores e Unitau).
“Neste ano tivemos dois Programa de Recuperação de Crédito aprovados destinado a pessoas que tinham débitos com a Prefeitura, e, esses mesmos Programas funcionaram muito bem. Eu entendo que o Programa de Recuperação da Unitau precisa ser um espelho da Prefeitura, mas isso não está acontecendo, e é por isso que estou batalhando.”
Vale lembrar que o Programa de Anistia de Juros e Multas da Unitau visa reabilitar os nomes dos alunos pela possibilidade de financiamento com parcelas de baixo valor de suas respectivas dividas, além de permitir que alunos que trancaram matrículas por dificuldades financeiras retornem para concluir seus cursos, dando andamento ao desenvolvimento social e educacional da cidade como um todo.
Após a aprovação do requerimento no Plenário da Câmara, o pedido de explicações segue para conhecimento do Executivo Municipal que tem o prazo legal de 15 dias corridos para se posicionar e encaminhar uma resposta sobre o assunto.