Search
sábado 18 novembro 2017
  • :
  • :

Para o Dia Mundial do Rim, Centro Estadual de Doenças Renais promove ação

Para marcar o Dia Mundial do Rim, o Centro Estadual de Tratamento de Doenças Renais do Vale do Paraíba irá realizar uma ação preventiva em Taubaté. O órgão vinculado ao Hospital Regional é referência para a Região Metropolitana no tratamento conservador da Doença Renal Crônica (DRC), ou seja, o paciente que ainda não progrediu para Diálise.
A ação é uma parceria com o Taubaté Shopping e acontece no domingo, dia 12, das 12h às 20h, com exames preventivos de glicemia e pressão arterial, orientação médica e nutricional, bem como avaliação do Índice de Massa Corporal (IMC), já que a proposta da Campanha 2017 é abordar a Doença Renal e Obesidade. Quem passar pelo estande também poderá obter receitas e temperos mais saudáveis para a mudança de hábitos alimentares.
O Centro Estadual teve início em outubro de 2008 e já atendeu mais de 6.400 pacientes, sendo 1.970 em acompanhamento atualmente.
A Unidade é um projeto-piloto do Governo do Estado de São Paulo, implantado no Vale do Paraíba. Sob administração da São Camilo, seu objetivo é dar suporte multidisciplinar aos pacientes portadores da doença renal, em sua grande maioria, com Diabetes e Hipertensão Arterial, garantindo a reversão de um quadro agudo ou, se crônico, um retardo na progressão da doença para a Diálise.
Seu levantamento mostra que os pacientes em acompanhamento obtiveram uma expectativa de 4 anos acrescida à sua qualidade de vida normal, já que a taxa de evolução à Hemodiálise ou Diálise Peritoneal é de 0,2% ao ano e a taxa de internação caiu 50% nos últimos 3 anos.
“A nossa taxa de hospitalização é bem menor do que a esperada para esse perfil de população e isto se deve, principalmente, aos protocolos implantados para redução do risco cardiovascular, risco infeccioso, controle da pressão arterial, vacinação e constante discussão clínica dos casos”, comenta o Coordenador do Serviço, Dr. Eduardo de Paiva Luciano.

Centro Estadual e a DRC
Os rins são fundamentais para a manutenção do equilíbrio do organismo. Eles filtram o sangue do corpo (impurezas) e removem os produtos indesejados. De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, 1 a cada 5 homens acima de 60 anos possuem Doença Renal Crônica, número que aumenta consideravelmente para a população acima dos 70 anos, atingindo metade destes pacientes. Estima-se que 10% da população mundial tenha DRC, contudo grande maioria dos pacientes falece sem sequer ter acesso a essa terapia, por falta de diagnóstico. Por este motivo, a Doença Renal Crônica entrou no calendário da atenção básica no país.
O Centro Estadual conta com uma equipe multiprofissional, formada por Nefrologista, Nutricionista, Psicólogo, Enfermeira, assistente social e a retaguarda de profissionais de outras especialidades, como Cardiologia, Oftalmologia, reumatologia, Urologia, etc.
O Serviço tem como diferencial o prontuário eletrônico, uma novidade no atendimento de pacientes do SUS. O sistema informatizado registra todas as informações, exames e procedimentos médicos que foram realizados em cada paciente. Este recebe uma senha de acesso, que poderá utilizada por qualquer profissional médico no País, facilitando o seu entendimento sobre as condutas a serem adotadas, caso este precise de algum atendimento.
O Centro Estadual de Tratamento de Doenças Renais do Vale do Paraíba está localizado na Rua Olavo Bilac, 226, no centro de Taubaté.