Search
domingo 24 setembro 2017
  • :
  • :

Numa partida complicada Burrão perde em casa

Na noite dessa última quarta-feira o Esporte Clube Taubaté teve como adversário o Sertãozinho, no estádio Joaquim de Morais Filho, às 20h.
Fizeram 1 minuto de silencio pelo falecimento do atleta Jovelino Silva. Ele defendeu a camisa do Burro da Central, nos anos de 1977, 1978 e 1979.
Com 1 minuto de bola rolando, o Touro dos Canaviais abriu o placar, num cruzamento de Jeferson Maranhão e Tito completou de cabeça, como sempre mais uma falha grotesca da defesa taubateana.
Um minuto depois Cassinho cruzou e Eder cabeceou, a bola acertou a trave.
O Sertãozinho dominou todo o 1º tempo. O goleiro Célio Gabriel fez defesas importantes, evitando um placar maior.
Depois do apito que finalizou o 1º tempo iniciou uma discussão entre Alemão e Alex Silva. A turma do deixa disso apartou. Ambos haviam se estranhado na partida e receberam cartões amarelos.
No retorno do 2º tempo Rychely entrou em campo, na esperança de uma virada.
Mas novamente, com 1 minuto o Sertãozinho ampliou o placar depois de um tubaço desferido por Luciano.
Rodrigo Soares se machucou numa trombada com Felipe Luís e desmoronou no gramado, pois estava voltando de uma lesão. A ambulância levou Rafael Ferro e Renato Soares para o hospital. A partida foi paralisada por 25 minutos até o retornou da mesma.
O Alviazul cresceu no jogo visando uma virada. Até que aos 49 minutos Rychely cruzou e Tiago Tremonti finalizou o tento, diminuindo o placar.
Nos acréscimos Rafael Rosa acertou uma bola no travessão.
Mesmo pressionando bastante o Burrão perdeu por 2 a 1 e se complicou na classificação.

Taubaté: Célio Gabriel, Rafael Ferro (Gabriel), Edgar (Rychely), Eder, Luis Felipe, Alex Silva, Alan Mota, Tiago Tremonti, Cassinho, Rodrigo Soares (Rafael Rosa) e Caíque. Treinador: Evaristo Piza.
Sertãozinho: Márcio, Fábio Capixaba, Eli Sabiá, Alemão, Luciano, Mateus (Felipe Manoel), Daniel, Jeferson Maranhão (Barbosa), Tito (Alexandre) e Felipe Silva.
Arbitragem: Márcio Roberto Soares, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Fernando Afonso Gonçalves de Melo.
Renda: 1368 pagantes, R$ 21.110,00.

 

Por Rogério Abifadel Haik