Search
sábado 19 agosto 2017
  • :
  • :

No mês dos rins, campanha chama atenção para o cuidado com a saúde dos gatos

Idealizada pela Elanco, segundo ano da campanha Março Amarelo tem objetivo de conscientizar tutores de felinos sobre a importância do acompanhamento periódico pelo veterinário
Dando continuidade às atividades da Campanha Março Amarelo, hoje, dia 23, das 9h às 12h, o Estima Hospital Veterinário abre as portas para conscientizar tutores sobre doenças renais em felinos, enfermidades que atingem até 60% dos animais idosos. Há estimativas de que entre 20 e 50 % dos gatos com mais de 9 anos tenham doença renal crônica (DRC) em algum grau.
A ação vai trazer informações para o público em geral e médicos sobre a importância do diagnóstico precoce e o acompanhamento do veterinário para prevenir e tratar o problema. Para isso, o hospital oferecerá exames gratuitos que denominamos perfil renal, dosagem de uréia e creatinina (exames de sangue) a todos os pacientes durante o evento.
Para estimular o diagnóstico precoce da doença renal crônica (DRC) em gatos, a Elanco, divisão de saúde animal da Lilly, realiza pelo segundo ano a campanha Março Amarelo – amarelar é amar. O mês de março foi escolhido por se tratar do mês internacional do rim e por marcar os esforços de nefrologistas do mundo todo pela prevenção das doenças renais.
O foco principal da campanha é a saúde dos felinos, uma vez que a incidência da doença nos gatos é alta e seus tutores não têm o costume de levá-los com frequência ao veterinário.
A DRC é uma das principais causas das idas dos gatos ao veterinário e pode atingir cerca de 60% dos animais idosos. Há estimativas de que entre 20 e 50 % dos gatos com mais de 9 anos tenham DRC em algum grau. Além disso, a doença é três vezes mais frequente em gatos do que em cães.
“A doença apresenta sintomas apenas em estágio avançado, quando os rins do animal estão com 75% de sua função comprometida, o que torna os check-ups periódicos fundamentais para identificação da DRC em fase precoce e tratamento adequado, evitando o sofrimento do animal”, alerta Bruna Tadini, médica veterinária de Animais de Companhia da Elanco.
Entre os principais sintomas em felinos estão perda de apetite, perda de peso, aumento no consumo de água e aumento da frequência da urina, deterioração na pelagem, cansaço, fraqueza, vômitos, feridas na boca e mau hálito. Já o diagnóstico definitivo é feito por meio de exames de sangue, urina e ultrassom abdominal, complementados com a aferição da pressão arterial.

Terapia

Em caso de confirmação, o tratamento é feito levando em consideração o grau e a evolução da doença. Podem ser utilizados medicamentos orais específicos que diminuem a perda de proteínas pela urina, um dos problemas gerados pela DRC. Também é importante controlar a alimentação do animal, já que dietas com muita proteína ou com grande quantidade de fósforo colaboram para o agravamento da doença renal. A adequação nutricional pode ser feita pelo uso de ração comercial específica ou de dieta caseira balanceada, desde que recomendada pelo veterinário.

Para facilitar o tratamento

A Elanco vai lançar, em breve, a versão palatável do Fortekor™, medicamento voltado para o tratamento de doenças renais em gatos e para insuficiência cardíaca em cães. A versão flavorizada possui uma tecnologia exclusiva, que dá o sabor de carne ao medicamento. As partículas cobertas com Benazepril são revestidas com um filme especial, que não dissolve na boca dos pets, diferente do que ocorre com boa parte dos comprimidos palatáveis. “Nesse caso, não é o comprimido que está revestido, mas a molécula, o princípio ativo, o que garante uma aceitação pelo animal incomparável”, garante Bruna.
“Além de ser eficaz, a novidade vai facilitar a administração de Fortekor™ pelos tutores, uma vez que dar medicamentos para os animais de estimação nem sempre é uma tarefa fácil”, explica a médica veterinária.
O Fortekor™ é o líder de prescrições em cardiologia e nefrologia há mais de 10 anos em mais de 40 países e sua administração é feita em dose única diária. O medicamento aumenta a expectativa de vida de cães com Insuficiência Cardíaca Congestiva (ICC) e gatos com doença renal crônica (DRC), além de melhorar a qualidade de vida desses animais. A aceitação do novo Fortekor™ palatável é de 8 em cada 10 cães (79,4%) e de 9 em cada 10 gatos (88%), com administração na mão, no comedouro ou misturado ao alimento.

Sobre a campanha

Com o mote “Amarelar é amar”, a campanha vai alcançar dois públicos: os médicos veterinários, com informações técnicas sobre aumento de qualidade de vida e sobrevida dos gatos, e a população em geral, principalmente os tutores de gatos, compartilhando dados relevantes para que eles levem os seus felinos ao médico veterinário com maior frequência.
“O conceito da campanha do Março Amarelo é baseado no ato de amar e cuidar do animal e as mídias sociais serão a principal plataforma de divulgação e conscientização para o público em geral”, afirma Gabriela Klein, coordenadora de Marketing da Elanco.
No link https://www.facebook.com/ElancoBrasil/videos/1859482790999599/ é possível conferir o vídeo oficial, incentivando as pessoas a compartilhar a #amarelareamar com os amigos.

Sobre a Elanco

A Elanco é uma empresa global orientada pela inovação, que desenvolve e comercializa produtos para melhorar a saúde, a produção animal e o cuidado com os animais de companhia em aproximadamente 70 países. Junto com nossos clientes, estamos comprometidos a aumentar a consciência sobre a segurança alimentar mundial, celebrando e apoiando a ligação dos seres humanos com os animais. Fundada em 1954, a Elanco é uma divisão da Eli Lilly and Company e emprega aproximadamente 7.000 pessoas em todo o mundo, com escritórios em mais de 40 países. Informações adicionais sobre a Elanco estão disponíveis em www.elanco.com.br.




One thought on “No mês dos rins, campanha chama atenção para o cuidado com a saúde dos gatos

Os comentários estão fechados.