Search
quarta-feira 22 novembro 2017
  • :
  • :

Michel Temer é o mais rejeitado do Brasil, com taxa de 94%, diz Ipsos

Pres. Michel Temer na cerimônia de anúncio de medidas para o fortalecimento
da odontologia no SUS, no
Palácio do Planalto. Brasília, 20-07-2017. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

O presidente Michel Temer (PMDB) é reprovado por 94% dos brasileiros, de acordo com a pesquisa Pulso Brasil de julho, realizada pela Ipsos. Trata-se do político mais rejeitado entre os citados no levantamento.
A sondagem foi realizada com 1.200 entrevistados em 72 municípios no Brasil, de 1º a 14 de julho. A margem de erro é de 3 p.p.
O peemedebista é o nome com maior rejeição entre os citados na pesquisa, à frente do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (93% de desaprovação) e do senador Aécio Neves (90%). Os primeiros colocados são os mesmos de pesquisa divulgada em junho.
O juiz Sérgio Moro tem a maior taxa de aprovação (64%), com 20 pontos percentuais a mais do que ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa (44%).

AVALIAÇÃO DO GOVERNO

A avaliação do governo alcança 85% de desaprovação (ruim+péssimo). Trata-se da pior taxa desde abril de 2005, quando a pesquisa começou a ser realizada.

PAÍS NO RUMO ERRADO

Para 95% dos entrevistados, o país está no rumo errado. O percentual é o mais alto já registrado pela pesquisa. 84% tinham a mesma opinião durante o impeachment de Dilma Rousseff. Já no início do 1º governo da petista 81% disseram que o país estava “nos trilhos”.