Search
segunda-feira 29 maio 2017
  • :
  • :

Justiça determina reintegração na GV do Brasil

Após 5 meses de sofrimento, desempregado e sem convênio, José Ivan agora vai poder fazer sua cirurgia

 

Ontem, quinta-feira, dia 4, ocorreu a reintegração de um funcionário na GV do Brasil por determinação da Justiça do Trabalho a uma ação movida pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba.

O operador de logística José Ivan, de 29 anos, havia sido demitido em dezembro, mas desde agosto estava em tratamento médico.

“Pedi as férias para meu chefe, disse que precisava do dinheiro pra interar e comprar minha casa. Ao invés disso ele me demitiu”, disse Ivan.

O metalúrgico já fez uma cirurgia para hérnia, mas as dores voltaram. “Eu tinha outra cirurgia marcada, só que tinha que pagar particular. Eu com dificuldade em casa, desempregado, sem convênio, tendo que gastar com criança pequena, deixei a cirurgia. Hoje tenho dores frequentes porque ainda não fiz. Não posso fazer força, não posso nem ficar com minha filha no colo.”

Para Ivan, o atendimento do sindicato foi fundamental. “Eu tinha uma pessoa que podia confiar. Hoje meu sentimento é de alegria. Agora vou colocar alguma coisa dentro de casa e vou fazer minha cirurgia.”

A cirurgia que Ivan já fez, em janeiro, acabou sendo particular. O convênio está cobrando dele a fatura, que está atrasada. O Departamento Jurídico do sindicato também irá reivindicar para que Ivan não tenha que arcar com esse custo.