Search
terça-feira 22 agosto 2017
  • :
  • :

Festas Juninas movimentam vendas nos supermercados

Com a chegada de junho, as Festas Juninas passam a ser o foco das comemorações, momento também de boas expectativas para o setor supermercadista. A APAS (Associação Paulista de Supermercados) projeta um aumento de 10 a 15% nas vendas de produtos relacionados às festividades, como por exemplo, amendoim, milho para pipoca, canjica, milho, quentão, vinho quente e pinhão.
De acordo com a Associação, para as indústrias de alimentos diretamente relacionadas a esse período festivo, as vendas de junho e julho representam uma parcela significativa na comercialização anual dos produtos.
“Além da elevação de vendas dos produtos típicos nessa época, o setor de supermercados é impactado positivamente pelo maior fluxo e tráfego de consumidores nas lojas, que impulsionam a comercialização de outros produtos, tais como carnes, queijos e bebidas em geral. Com o clima mais frio, por exemplo, a venda de vinhos também é afetada positivamente”, explica Rodrigo Mariano, gerente de Economia e Pesquisa da APAS.
Em relação aos preços, o economista lembra que são encontradas variações de um ano para outro – e em cada item. Como base de comparação, ao longo dos últimos 12 meses, os preços de alguns itens relacionados a esse período aumentaram: vinho: 17,56%; refrigerante: 10,80%; cerveja: -2,39%; milho: 11,37%; e frutas: -11,29%.
Mariano ressalta ainda que as Festas Juninas devem auxiliar o setor supermercadista no crescimento de 1% nas vendas em junho e julho, na comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado é positivo, principalmente levando em consideração os atuais cenários econômico e político do Brasil, o desemprego e a queda na renda.
Sobre a APAS – A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem 1.415 associados, que somam mais de 3.160 lojas.