Search
sábado 27 maio 2017
  • :
  • :

Audiência Pública da Sabesp na Câmara Municipal

Foi realizado nesta quarta-feira a Audiência Pública da Sabesp na Câmara Municipal.
A Audiência foi presidida pelo vereador Dentinho que fazendo uso da palavra, apresentou fotos e vídeos de vários pontos reclamando da qualidade da água em nossa cidade, ressaltou que acontece dessa maneira dois erros por parte da Sabesp, primeiro mandar água contaminada para população, segundo erro cobrar por esta mesma água ruim.
Contando com a presenças do Deputado Estadual Padre Afonso Lobato, do Secretário de Serviços Públicos Alexandre Magno, Secretário do Meio Ambiente Paulo Fortes, Secretário de Assuntos Juridico da Prefeitura Jean Soldi, do Superintendente da Sabesp Fernando Lourenço, Gerente da Sabesp Claudio Katayama, dos vereadores Dentinho, Bobi, Vanone, Jessé, Vivi, Guará Filho, Boanerge, Alexandre Vilela e Loreny.
Dentinho entregou aos representantes da Sabesp os seguintes questionamentos:
1 – Até quando a nossa população estará recendo uma água contaminada em nossas torneiras?
2 – Qual o verdadeiro motivo de recebermos este tipo de água?
3 – A população atingida com prejuízos em relação a água suja que recebeu, exemplo: Perdas de filtros de água. perdas de roupas na máquina de lavar, caixa d’água sujas, entre outros. Pergunta: Como a população pode ser ressarcida destes prejuizos?
Quais os meios que a Sabesp utiliza hoje para informar seus consumidores dos direitos que os mesmos têm em relação a prejuizos na sua residência relativos ao fornecimento de água da Sabesp?
4 – Quantos são e onde estão localizados os pontos de descarga da Sabesp em nossa cidade?
5 – Temos funcionários suficientes para realizar tal procedimento?
6 – Se São Roque hoje conta com encanamento de PVC, qual o planejamento/programação para uma troca destes encanamentos em nossa cidade?
7 – A Sabesp com a renovação do contrato terá o compromisso de investimento em torno de 236 milhões em nossa cidade no prazo de 30 anos, pergunta: Qual o planejamento e cronograma de obras relativos a estes investimentos?
8 – A Sabesp tem uma divida com o município em torno de 70 milhões. Pergunta: Em quantas parcelas e datas que serão efetuados estes pagamentos?
9 – Constatamos o elevado índice de desperdício de água potável em nossa cidade, na distribuição tivemos perdas de 38,54% da água. Qual a iniciativa da empresa para combater este desperdício?
Fizeram uso da palavra todos vereadores presentes e os munícipes: Roberto Freitas, Marcos Antônio da Paz Santos, Leh Rodrigues, Adriana Hildegard Fucks, Edilene Esteves, Vilma Kawasaki, Maria Aparecida Herminio, Osmar Ernesto Mession.
Deputado Padre Afonso em sua fala reforçou a necessidade de uma atitude concreta da Sabesp para por fim a este problema, o Superintendente da Sabesp Fernando Lourenço apresentou números relativos aos serviços e investimentos da Sabesp.
Porém na fala final do vereador Dentinho a pergunta numero 1, “Quando a população ira receber água boa”, NÃO FOI RESPONDIDO, isso ficou insatisfatório para o vereador, o ponto positivo é que foi criado uma Comissão com os vereadores presentes nesta audiência, mais o Deputado Padre Afonso e munícipes presentes. Comissão esta que em curto prazo cobrara da Sabesp as respostas a cada questionamento feito pelo vereador Dentinho, assim como permanecerão unidos até a situação ser resolvida e a população voltar a ter água de boa qualidade em nossa cidade.