Search
quarta-feira 18 outubro 2017
  • :
  • :

Após sanção da Lei que multa pessoas por trotes, ligações falsas direcionadas ao SAMU apresentam queda

Em 12 de julho deste ano, a Prefeitura Municipal de Taubaté sancionou e fez publicar a Lei nº 5299/2017 de autoria do Vereador Guará Filho (PR) que instituiu aplicação de multas para os proprietários de linhas telefônicas de cujos aparelhos sejam originados trotes direcionados ao SAMU (Serviço de Assistência Médica de Urgências), Policia Militar e Corpo de Bombeiros. E, logo nos primeiros meses, a cidade de Taubaté teve um retorno positivo da aprovação da Lei.
Segundo dados divulgados pelo próprio SAMU, o número de trotes apresentou uma queda significativa se comparado o cenário antes e depois da sanção da Lei. Nos primeiros meses deste ano como, por exemplo, em março, abril, e maio foram registrados 879, 611 e 622 trotes, respectivamente. Já no mês de julho, que foi o primeiro mês em que a Lei estava em vigor, o número de trotes registrados caíram para 586. Os dados melhoram ainda mais, se for considerado o mês de agosto, ou seja, o segundo mês após a Lei sancionada, que registrou o número de 347 trotes, somente.
“A minha intenção é zerar o número de trotes para essas instituições como o SAMU. Pode até parecer utopia, porém é um sonho que eu tenho. O fato de saber que ao diminuir o número de trotes estamos consequentemente salvando mais vidas me motivou na elaboração da Propositura, e, me motiva todos os dias para lutar a favor dos serviços de Urgência e Emergência em nossa cidade, assim como os serviços da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros”. (Ver. Guará Filho – PR).
Vale lembrar que a Lei especifica que trotes é toda e qualquer ligação destinada ao SAMU, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros que resultem em frustrações pela inexistência dos eventos anunciados, ou seja, entende-se por trote todas as ocorrências registradas no banco de dados das referidas instituições, e que depois de averiguadas constata-se a falta de veracidade nas reclamações.
Por fim, Guará Filho (PR), parlamentar taubateano autor da Lei, se diz muito feliz com a repercussão positiva de sua propositura ao ser constatado uma diminuição nos trotes. Segundo o próprio vereador, isso significa que algumas vidas estão sendo salvas, diariamente.
“A Lei tem como objetivo conscientizar o cidadão em relação a esse tipo de atitude negativa que vinha crescendo de maneira alarmante em nosso município. Qualquer minuto perdido pode ser fatal e quando há um trote ou ligação sem necessidade, uma linha está sendo ocupada num momento que pode ser essencial para a vida humana”. (Ver. Guará Filho – PR).