Search
segunda-feira 29 maio 2017
  • :
  • :

Alunos do Ensino Público têm Aula Prática de Biologia no Litoral Norte

O Aquário de Ubatuba recebeu essa semana uma visita muito especial: cerca de 80 alunos do terceiro ano do ensino médio, da rede pública de ensino, do Município de Ubatuba. Estudantes do bairro de Ipiranguinha estavam visivelmente emocionados. Já que, para muitos a experiência de visitar um Aquário e conhecer de perto diversas espécies é completamente inédita.
Sob a supervisão da professora e bióloga Alessandra Panza e do Prof. José Luiz Gaspar, os adolescentes estavam atentos às informações e conhecimentos transmitidos durante a aula prática. Alessandra, que colaborou no Aquário de Ubatuba por cinco anos, fala da importância desse tipo de experiência para alunos no ensino público.
“É muito interessante trazer os alunos pra cá. Por mais que eles sejam daqui de Ubatuba, muitos acabam não conhecendo o Aquário e, consequentemente, acabam não tendo a chance de conhecer diversas espécies, e ter um contato próximo com os animais. É estimulante realizar atividades fora da sala de aula e o Aquário proporciona essa experiência”, explica Alessandra.
A escola E.E. Profª Idalina do Amaral Graça está localizada no Ipiranguinha, um dos bairros mais populosos e carentes de Ubatuba. Assim como a vizinhança, a escola também conta com muitos alunos e grande parte não dispõe de condições financeiras suficientes para locomoção e lazer. “Alguns não vão nem a praia e muito menos tem condições financeiras para gastarem com lazer, por exemplo.” Conclui Panza.
A educação ambiental é um dos principais pilares de atuação do Aquário de Ubatuba fundado em 1996, pelo oceanógrafo Hugo Galo.
“É muito gratificante quando recebemos um ex-funcionário como a Alessandra, que atuou como bióloga no Aquário durante cinco anos, retornar com seus alunos e reconhecer a importância do papel do Aquário para a comunidade local”, explica Gallo.
Nicolas de Oliveira, de 16 anos, estava empolgado. “Sempre quis ver um pinguim de perto. Eles são muito lindos!”. Já Grazielly Araújo, 16 anos, parecia encantada com as raias. “Vim ao Aquário quando era muito pequena, é muito legal voltar agora”, conta a estudante que também é fã dos pinguins.
O Aquário de Ubatuba recebe gratuitamente as escolas do ensino público local há 21 anos, como forma de contribuição aos alunos de Ubatuba, sem qualquer tipo de patrocínio ou apoio de nenhuma espécie, de Prefeitura ou empresa privada. “Realizamos as atividades gratuitamente desde que o professor passe por capacitação, e assim, esteja apto para fazer o monitoramento que abrange conteúdo e didáticas de ensino em oceanografia e biologia marinha”, finaliza Hugo.
Além disso, mediante solicitações, a empresa recebe gratuitamente entidades filantrópicas de diversas áreas como dependência química, asilos, orfanatos, igrejas e portadores de necessidades especiais, de toda a região – que vai do Litoral Norte ao Vale do Paraíba.

SOBRE AQUÁRIO DE UBATUBA

Fundado em 1996 por Hugo Gallo, o Aquário de Ubatuba é o primeiro aquário privado do país. Desde sua fundação, até os dias de hoje, sua missão é atuar na conservação do ambiente marinho por meio da educação ambiental e de pesquisas.
Reconhecido como um dos melhores aquários da América do Sul e do Brasil (fonte: Trip Advisor) o Aquário de Ubatuba é considerado também uma das melhores opções de lazer educativo no litoral de São Paulo. Sob o conceito de edutainment (termo da língua inglesa proveniente da fusão das palavras education e entertainment), que permite aos visitantes uma “imersão” nas águas dos rios e mares, na qual aprendem a valorizar a biodiversidade aquática e marinha, ao mesmo tempo em que se divertem.
O circuito de visitação é composto por 21 recintos, nos quais vivem mais de 700 animais de cerca de 130 espécies diferentes – representando os mais variados ecossistemas do Brasil e do mundo. Anualmente, o Aquário de Ubatuba recebe milhares de visitantes, tornando-se um dos locais de maior visitação turística do litoral brasileiro.