Search
sexta-feira 20 outubro 2017
  • :
  • :

Volks apresenta sua Estratégia Modular MQB no Simea 2017, em São Paulo

Novo Polo, que será lançado no mercado brasileiro, é o primeiro veículo compacto da Volkswagen desenvolvido a partir da Estratégia Modular MQB e o simpósio
A Volkswagen do Brasil apresentou a Estratégia Modular MQB, do Novo Polo – que lançou no mercado brasileiro­–, em seu estande na 25ª edição do Simea (Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva). O simpósio, promovido pela AEA (Associação Brasileira de Engenharia Automotiva), que acabou ontem, em São Paulo, contou com o tema “As Inovações da Indústria Automotiva para a Sociedade”, oferecendo uma oportunidade de debater o futuro da mobilidade sustentável. A Volkswagen do Brasil também foi patrocinadora do Simea e da AEA.
O Simea é um evento anual que tem como principal objetivo a busca e apresentação de estratégias, soluções, técnicas e inovações para a mobilidade. Com palestras, debates, discussões, trabalhos técnicos e exposição, o simpósio é um dos eventos mais importantes de exibição tecnológica, fórum de negócios e ambiente de relacionamento e conhecimento para a cadeia automotiva.

Saiba mais sobre a Estratégia Modular MQB

O Novo Polo – produzido na fábrica Anchieta da Volkswagen do Brasil, em São Bernardo do Campo ­­– é o primeiro veículo compacto da Marca desenvolvido a partir da Estratégia Modular MQB, que é o mais moderno conceito de produção do Grupo Volkswagen. Os veículos baseados na Estratégia Modular MQB proporcionam o que há de mais moderno em termos de design, inovação, alta performance e segurança.
No Brasil, a MQB dará origem inicialmente a quatro modelos completamente novos, que serão comercializados no mercado latino-americano nos próximos anos. Além do Novo Polo, o Virtus, um sedã programado para o primeiro trimestre de 2018, que também será produzido na fábrica Anchieta.
Para receber o Novo Polo e o Virtus, a Volkswagen está investindo mais de R$ 2,6 bilhões no desenvolvimento dos produtos e na modernização da fábrica Anchieta, para o novo sistema de produção. Parte do cronograma de investimentos da empresa no Brasil, até 2020, de R$ 7 bilhões, o aporte de R$ 2,6 bilhões contempla o desenvolvimento, a modernização da manufatura, testes de certificação e validação do produto, desenvolvimento local de peças, qualificação de pessoal, além de ações para o lançamento dos modelos no Brasil.
A Estratégia Modular MQB (Matriz Modular Transversal) é uma nova arquitetura do Grupo Volkswagen para a produção de veículos, já aplicada em modelos globais como o Passat e o Golf. O conceito consiste na padronização do processo de manufatura nas fábricas do Grupo VW, estabelecendo, por exemplo, a mesma sequência de montagem e proporcionando como grande vantagem a redução do tempo de produção dos veículos, além de garantir flexibilidade na produção.
A MQB também permite compartilhar a base estrutural para o desenvolvimento de veículos de diferentes segmentos, gerando sinergia para todas as classes de automóveis. Essa base foi desenvolvida seguindo preceitos de baixo peso, utilizando aços de alta resistência que permitem aumentar a segurança e reduzir o peso total do veículo, o que colabora para a redução do consumo de combustível. A combinação de dimensões padronizadas e variáveis, outro benefício da MQB, reduz significativamente a complexidade da produção de um veículo, gerando substanciais ganhos no processo produtivo e economia de escala.