Search
sexta-feira 20 outubro 2017
  • :
  • :

Região Sudeste destina 4,3 mil toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas no primeiro semestre

No primeiro semestre deste ano, o Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas) retirou dos campos do Sudeste do Brasil 4.321 toneladas dessas embalagens. Essa quantidade corresponde a 18% do total destinado no país.
Com este número, o inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), núcleo de inteligência do Sistema, registra um crescimento de 2,4% no total destinado na região, se comparado a igual período do ano passado. Em todo o Brasil, o Sistema destinou de forma ambientalmente correta 23.491 toneladas do material, de janeiro a junho deste ano.
O Sistema superou a marca de 430 mil toneladas destinadas corretamente desde o início das operações, em 2002. O sucesso do programa mostra que o Sistema está preparado para atender à demanda da agricultura brasileira.
“O programa se mantém como referência mundial e assume especial destaque este ano, quando IBGE prevê safra recorde de grãos, com mais de 30% de crescimento em relação a 2016. Com a integração dos elos da cadeia produtiva agrícola (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público), estamos prontos para acompanhar as necessidades do setor”, ressalta João Cesar M. Rando, diretor-presidente do inpEV.

Sobre o inpEV

Há 15 anos, o inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) atua como núcleo de inteligência do Sistema Campo Limpo nas atividades de destinação de embalagens vazias de defensivos agrícolas e promove ações de conscientização e educação ambiental sobre o tema, conforme previsto em legislação. É uma instituição sem fins lucrativos formada por mais de 100 empresas e nove entidades representativas da indústria do setor, distribuidores e agricultores.

Sobre o Sistema Campo Limpo

O Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração.
Mais informações sobre o inpEV e o Sistema Campo Limpo estão disponíveis no site www.inpev.org.br, no Facebook, Youtube e Instagram.