Search
sábado 21 outubro 2017
  • :
  • :

Ministério da Saúde e escolas se unem contra HPV e Meningite C

O Ministério da Saúde já disponibilizou em todos os estados brasileiros 10,5 milhões de doses de vacinas contra o HPV e mais de 15 milhões contra a Meningite C. O vírus silencioso e devastador do HPV pode provocar o surgimento de câncer e verrugas genitais. Para evitar o contagio, a imunização vem sendo realizada desde cedo, em meninas de 9 a 14 anos e meninos de 12 e 13 anos. Já a Meningite C pode deixar sequelas neurológicas ou até matar em menos de 24 horas. Graças a uma parceria com Ministério da Educação, o trabalho de prevenção vem sendo reforçado em sala de aula, como explica a coordenadora-substituta do Programa Nacional de Imunização, Ana Goretti Maranhão.
“A gente tem experiência daqueles países que utilizaram a escola como palco de vacinação, por exemplo, a Austrália, tem cobertura vacinais nas duas doses de mais de 80%. O Reino Unido tem cobertura que chega a 90%. Ou seja, é nas escolas que nós vamos encontras esses jovens. Além do ato de vacinar, a escola é um local importantíssimo para que as professoras possam orientando não só os adolescentes, mas as suas famílias sobre a importância do HPV como uma doença de saúde pública e a importância da vacinação para a prevenção dessa doença. Então é o ambiente ideal para a vacinação de jovens.
É importante lembrar que a imunização completa contra o HPV é feita em duas doses, com um intervalo de seis meses entre elas. O Ministério da Saúde também está reforçando a importância da vacinação contra a Meningite C . Procure uma unidade de saúde e vacine-se! Não esqueça de levar a caderneta de vacinação. Vacinação, é nessa fase que você fica mais forte. Para mais informações, acesse: saúde.gov.br/vacinação