Search
sábado 18 novembro 2017
  • :
  • :

Taubaté mantém vacinação contra influenza para grupos prioritários

A Vigilância epidemiológica de Taubaté esclarece que, conforme orientação da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, vai manter a vacinação contra influenza para os grupos prioritários até a próxima sexta-feira, dia 9 de junho.
Crianças e gestantes ainda estão abaixo da meta de vacinação. A campanha segue em 24 unidades de saúde do município.
Até a última quinta-feira, dia 1 de junho, a cobertura vacinal de crianças estava em 85,10% e a de gestantes em 76,61%. Todos os demais grupos prioritários superaram a meta de 90% de cobertura determinada pelo Ministério da Saúde. A cobertura geral está em 97,15%, com 59.485 doses aplicadas.
A partir de agora, as unidades da Vila Marli, Bonfim, Quiririm, São João, Novo Horizonte, Chácaras Reunidas, São Pedro, Espanada Santa Terezinha, Estiva e Planalto passarão a aplicar somente o reforço para as crianças entre 6 meses e 8 anos que receberam a primeira dose da vacina este ano. Conforme determinação do Ministério da Saúde, nestes casos, a dose complementar deve ser aplicada 30 dias após a primeira. A restrição ocorre em função dos estoques disponíveis, que devem ser priorizados para este grupo. A relação dos demais postos de saúde do município que dispõem de salas de vacina está disponível no portal da prefeitura (http://www.taubate.sp.gov.br/pamos-e-esfs/)
Mais informações podem ser obtidas junto à Vigilância Epidemiológica de Taubaté pelo telefone 3629-6232.

Saiba mais

Grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde: gestantes, crianças até 5 anos, trabalhadores da saúde, idosos acima de 60 anos, puérperas, professores, portadores de doenças crônicas, indígenas, detentos e funcionários do sistema prisional.
Grupos autorizados pelo governo do Estado (lista atualizada em 1º de junho): polícias Militar, Civil e Científica, Corpo de Bombeiros, carteiros, profissionais do Poupatempo, judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública, Polícia Federal, Guarda Municipal, doadores de sangue e de medula, trabalhadores de tribunais de Justiça e fóruns, profissionais que trabalham com pessoas em situação de rua, cuidadores de idosos, auxiliares de classe e demais funcionários de escolas do ensino básico e superior, funcionários de creches, trabalhadores da limpeza urbana e coletores de resíduos.