Search
terça-feira 23 Janeiro 2018
  • :
  • :

Política e Políticos

A deputada federal Pollyana Gama (PPS), a breve, telefonou para a editoria da coluna, queixando-se sobre sua citação na semana passada, neste mesmo espaço, com confusão de seu partido, (que é o PPS, não o PSB, como foi mencionado) engano pelo qual apresentamos nossas desculpas.
Ela se enganou, ao tentar ensinar ao editor como se faz jornalismo, dizendo que é professora. Engano mortal para quem exerce função pública, quando questionou a formação de um profissional jornalista, ditando regras para seu exercício da profissão. Não se ensina a profissão a quem é do ramo.
Pura pretensão da deputada, a breve. Errou a deputada, seu salto alto não lhe permitiu ver a realidade, quis usar intimidação para pedir um simples reparo, o que foi feito de maneira simples. Recomenda-se respeito e modéstia, e muita cautela. Pode ter sido má orientada e induzida ao erro. Mas, errou.
Isso é tido no meio jornalístico, como querer ensinar o pai nosso ao vigário.
*************************************************************************************
As chuvas que castigam a cidade e a região, nos últimos dias, têm provocado estragos pela cidade, uma delas, na avenida dos Bandeirantes, no centro de Taubaté, que formou uma cratera, que de tão grande, engoliu um automóvel , que passava pelo local.
O incidente passaria a fazer parte do noticiário de forma corriqueira, não fosse a cena grotesca produzida, pela aparição do secretário municipal de obras, em rede de televisão, no horário nobre, falando sobre o ocorrido e as medidas que a Prefeitura estava tomando para o conserto.
De óculos escuros, em dia sem sol, um indefectível e ridículo chapéu de feltro, apropriado para o inverno, em pleno verão, provocando risos de quem presenciava e assistia a entrevista, mais parecendo um programa humorístico , plagiando o Zorra Total, na mesma emissora que exibia o noticiário. Ou lembrando o personagem idem, Rolando Lero, que falava, falava e não dizia nada.
O desgoverno que assolou Taubaté, investe firmemente na área de espetáculos humorísticos , contribuindo para o folclore político local.
E o buraco aberto continua do mesmo jeito. Um risco para autos e pedestres. E por lá ficará por mais um bom tempo. Sem solução.
Uma reedição caipira do Febeapá Festival de Besteiras que Assoa o País., do saudoso Sérgio Porto.
************************************************************************************
O prefeito local assinou prorrogação de contrato com a Central Business , agência de publicidade, por mais um ano, prorrogando um contrato anterior que dura há mais de cinco anos.
O que quer dizer , que teremos mais do mesmo por mais um ano, um festival de mentiras e invenções que tentam colocar o atual mandato do chefe do executivo como um verdadeiro governante dinâmico, eficiente. e zeloso com sua população.
Esta agência é a verdadeira criadora da fábrica de “factóides” da Prefeitura, das criações do secretário municipal de governo pondo em prática todas as invenções mirabolantes do auxiliar do alcaide. O secretário inventa, a agência Central burila as “fake news” do gabinete do prefeito, divulgando como verdadeiras as notícias, de falsas obras e serviços.
***************************************************************************************
Baseado nas informações da Prefeitura Municipal, a administração da cidade já comprometeu 50% do empréstimo de US$ 60 milhões contratados junto ao CAF para realização de obras pelo centro urbano de Taubaté, com contratos adrede preparados, antes mesmo da liberação desses recursos para os cofres municipais.
Desde quando se ouviu falar na possibilidade de obtenção desse empréstimo, o gabinete do prefeito divulgava sua destinação,criando um clima de festas junto à assessoria do burgomestre, do tipo já ganhou, numa verdadeira empolgação com a possibilidade de se meter a mão na cumbuca, o que se antevia desde aquela época, do que ocorre no presente momento.
Hoje, pouco menos de um ano após o “start up” da notícia, temos a informação oficial que 50% do total já está comprometido, e as obras nem foram iniciadas. O que significa ao leigo, ao cidadão comum, que gastaram por conta antes do dinheiro chegar na cidade.
Um verdadeiro festival dos recursos, que não darão para o gasto, na hora da onça beber água. Ou seja, os US$ 60 milhões virarão pó, antes da hora, tamanha a febre em gastar .
Bolsos cheios, goelas esfomeadas satisfeitas, crocodilos amansados, é hora de gastança.
Plagiando a cantora Gal Costa, e seu sucesso, “ festa no interior”.
Festa em Taubaté. Dinheiro no bolso, povo pobre, Deus salve o rei.
********************************************************************************************
O prefeito municipal sancionou lei de autoria da vereadora Gorete Toledo (DEM)que obriga as agências bancárias a rebaixarem seus terminais eletrônicos , os chamados caixas automáticos, para que eles sejam alcançados pelos usuários de menor estatura, os chamados “baixinhos”, ou de cadeira de rodas.
Na mesma época da sanção, , a vereadora Dulce Rita (PSDB), de São José dos Campos, apresentou o mesmo projeto na Câmara Municipal daquela cidade.
Quem plagiou quem ?
Os projetos são cara de um e focinho do outro, tal e qual.
Ou existe uma orquestra política bem afinada na região, ou o espirito santo baixou no vale do paraiba e gesta projetos de lei idênticos, principalmente para vereadores sem imaginação criativa capazes de imaginar algo que beneficie a população
As agências bancárias consultadas gargalharam e desopilaram o fígado com esta medida, que mais parece uma piada de maú gosto contada por agentes do poder público,pagos com dinheiro público, e sem ter muito o que fazer .
A sabedoria popular ensina que “cabeça ociosa é oficina do diabo”
******************************************************************************************
O vereador Douglas Carbone (PCdoB), faz um périplo pelas rodas sociais informatizadas, com o objetivo de conseguir assinaturas para o abaixo-assinado, de sua autoria buscando impedir o projeto de lei que tramita pela casa legislativa, liberando a realização de rodeios na cidade..
Hoje, essa prática esportiva é liberada. O vereador alega que os animais sofrem com os rodeios, maus tratos, e outras práticas abusivas. Rodeios são tidos como práticas desportivas desde que o mundo é mundo. Aqui e em outros cantos do planeta, através dos anos.
Em Taubaté, em São Paulo e no Brasil,existem outros graves problemas que afligem a população, principalmente na saúde, na educação, na segurança pública, e o vereador, que é pago com dinheiro público, para não fazer nada, preocupado com uma prática desportiva consagrada através dos tempos , que mereça um abaixo-assinado, gasto de dinheiro público, desperdício de tempo, para uma ação inócua, que exigiria bem menos, se tivesse mais inteligência e liderança pessoal e política, percorrendo outros caminhos com mais sucesso.
A sabedoria popular, mais uma vez em ação,: “cabeça ociosa é oficina do diabo”!!!

 

Por Tarcísio de Souza e Silva

19/01/2018